XXIX Encontro Associação Brasileira de Psicologia e Medicina Comportamental 2020

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

EDUCAÇAO SEXUAL NO BRASIL: AVALIAÇAO DE OBJETIVOS DE ENSINO EM DOCUMENTOS OFICIAIS

Resumo

A educação sexual possibilita desenvolver comportamentos sexuais satisfatórios, éticos e seguros. No Brasil, a educação sexual possui objetivos apresentados em documentos oficiais, dentre eles os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) e a Base Nacional Comum Curricular (BNCC). As contribuições da Programação de Condições para Desenvolver Comportamentos (PCDC) viabilizam a avaliação de objetivos de ensino, de modo a tornar os processos de ensinar mais eficazes e promissores. O objetivo deste trabalho foi avaliar as formulações de objetivos de ensino para a educação sexual nos PCNs e na BNCC. Os objetivos foram avaliados quanto à sua natureza, clareza, externalidade, dimensões da sexualidade e relevância social. Nos PCNs foram encontrados 26 objetivos de ensino, dos quais 80,8% correspondem a comportamentos, 15,4% a conteúdos comportamentalizados e 3,8% a ações do aprendiz; 57,7% dos objetivos são claros; 88,5% são externos; e as dimensões da sexualidade mais prevalentes são ética e psicológica (33,3 e 30,9%). Na BNCC foram identificados 28 objetivos de ensino, dos quais 85,7% são atividades de ensino e 14,3% são ações do aprendiz; 85,7% são claros; 14,3% são externos; e as dimensões da sexualidade mais prevalentes são ética e preventiva (35,7 e 30,9%). Os objetivos de ensino dos PCNs, embora menos claros em sua formulação, são constituídos por comportamentos que o aluno deve apresentar em sua vida cotidiana, o que tende a aumentar sua relevância social. Os objetivos da BNCC são, em sua maioria compostos por atividades de ensino e, portanto, concretizados na própria sala de aula. A avaliação dos objetivos de educação sexual nos PCNs e na BNCC possibilita identificar possibilidades de aperfeiçoamento em suas formulações, tais como o aumento da clareza, a descrição de comportamentos a serem apresentados pelos alunos em seus contextos cotidianos. Tais aperfeiçoamentos provavelmente tornariam a educação sexual no Brasil mais relevante, promissora e eficaz.

Palavras chave

Educação sexual; Objetivos da educação sexual; Formulação de objetivos de ensino; Programação de Contingências para Desenvolver Comportamentos.

Minicurrículo do proponente

Graduanda em Psicologia pela UFPR, aluna de Iniciação Científica, integrante do Núcleo de Análise do Comportamento da UFPR, integrante do projeto Avalie! Não Seja Fake, professora de inglês.

Perfil do público alvo

Intermediário

População envolvida

Não se Aplica

Área

Educação

Autores

GIOVANNA STORRER, GABRIEL GOMES DE LUCA