XXIX Encontro Associação Brasileira de Psicologia e Medicina Comportamental 2020

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

UMA VISAO COMPORTAMENTAL DA TIMIDEZ

Resumo

A “timidez” é um conceito de âmbito internalista caracterizado pela grande preocupação dos indivíduos com pensamentos e reações dos outros em relação a si, que surgem em situações de interação social. Contextualmente, na verdade ela trata-se de uma classe de
comportamentos marcada pelo desconforto ocasionado por respondentes e pela inibição em situações de interação social que pode interferir na realização de objetivos pessoais e profissionais de quem os executa. Para tanto, esse estudo tem como objetivo discutir a “timidez” numa perspectiva analítico-comportamental. Realizou-se uma busca na literatura para realização dessa revisão de modo narrativo, translacionando possíveis observações internalistas para um contexto behaviorista radical. Observa-se que os antecessores, de modo geral, são de exposição social e têm como consequência o comportamento de esquiva. Assim, o repertório comportamental dos indivíduos tende a ficar cada vez mais limitado e empobrecido, pois eles não têm contato com as consequências reforçadoras da interação social. Logo, a restrição dessas interações ocasiona um menor desenvolvimento de habilidades sociais, o que pode requerer alterações nesses comportamentos. Apresentar-se, ou cumprimentar alguém, bem como
responder a algum comentário, pode ser treinado e aprendido. Para tanto, a realização de análises funcionais dos comportamentos, nas quais busca-se identificar na história do indivíduo as variáveis filogenéticas, ontogenéticas, e culturais que compõem esses
comportamentos podem ser úteis. Desta forma, pode-se concluir que o indivíduo considerado “tímido”, na verdade possui classes de comportamento que podem ser observadas pelo próprio indivíduo para aquisição de autoconhecimento e, assim,
adquirir possibilidades de controle dos próprios comportamentos. À medida que isso for acontecendo, ele se tornará mais “confiante e consciente” de seus pontos fortes e fracos, e do que deve buscar melhorar, podendo alterar seus comportamentos.

Palavras Chave

Timidez, behaviorismo radical, análise do comportamento.

Minicurrículo do proponente

Estudante de Psicologia da UFPEL.
Integrante do Laboratório de Ciências do Comportamento(LACICO).

População envolvida

Não se aplica

Perfil do público alvo

Estudantes e Profissionais da Psicologia e áreas afins

Área

Análises conceituais, históricas e filosóficas

Instituições

UFPEL - Rio Grande do Sul - Brasil

Autores

Eduarda Martins Malue, Jaíne Corrêa Pereira, Antoniel Sampaio Ferreira, Érica Martins Pereira Pagani, Lucas Gonçalves de Oliveira, Jandilson Avelino da Silva, Cid Pinheiro Farias