XXIX Encontro Associação Brasileira de Psicologia e Medicina Comportamental 2020

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

PRINCIPAIS TECNICAS COM FOCO EM ANALISE DO COMPORTAMENTO APLICADA PARA TRABALHAR COM OBESIDADE PEDIATRICA: UMA REVISAO INTEGRATIVA DE LITERATURA

Resumo

O presente trabalho tem por objetivo apresentar técnicas da Análise do Comportamento Aplicada (ABA) no trabalho junto as crianças com obesidade. Para tanto foi realizada pesquisa de revisão integrativa de literatura em bases de dados como Pepsic, Scielo, Bireme e Google acadêmico, além da coletânea “Sobre o Comportamento e Cognição” e Comportamento em Foco. Os descritores de busca englobaram: “Obesidade”; “Análise do Comportamento” e “Psicologia”, sendo que as publicações deveriam ter como lacuna temporal os últimos 20 anos, ser trabalhos práticos de pesquisas com seres humanos, com idiomas português, inglês e espanhol. A obesidade surgiu como uma epidemia em países desenvolvidos durante as últimas décadas do século XX. Atualmente atinge todos os níveis socioeconômicos, não se limitando a um país, região, ou grupo racial/ étnico. Segundo a Organização Mundial de Saúde, sobrepeso e obesidade são definidos como acúmulo anormal ou excessivo de gordura que apresentam risco à saúde, principalmente em crianças. A etiologia da obesidade é analisada de forma a envolver fatores orgânicos, ambientais, comportamentais, psicossociais e socioeconômicos, o que a torna, assim, bastante complexa. Ela contribui para problemas cardiovasculares, dislipidemia, hipertensão, problemas musculares, problemas nas articulações, esqueléticas e problemas circulatórios, fígado, pulmão, diabetes tipo 2, alguns tipos câncer, etc. Deste modo, a ABA pode auxiliar cuidadores e pacientes com técnicas que vislumbram a avaliação psicológica afim de perceber sintomas psicopatológicos que influem na obesidade, como ansiedade e depressão; orientações e psicoeducação para novas formas de alimentação mais adaptativas e funcionais; a modelagem que visa estratégias de reforçamento positivo graduais quando os pacientes conseguem atingir o objetivo de controlar o peso e alimentação, etc. Sendo assim, a ABA se torna uma abordagem eficaz no trabalho e tratamento de crianças com obesidade.

Palavras Chave

Obesidade; Análise do Comportamento Aplicada; Psicologia.

Minicurrículo do proponente

Possui graduação em Gestão de Recursos Humanos pela Faculdade de Tecnologia Camões (2008). Graduado em Psicologia pela Faculdade de Administração, Ciências, Educação e Letras (2013). Mestre em Medicina Interna e Ciências da Saúde pela Universidade Federal do Paraná (2015-2017). Possui título de Especialista em Psicologia da Saúde, concedido pelo Conselho Federal de Psicologia em 2018. Psicólogo clínico autônomo em consultório particular no Centro de Curitiba, Paraná. Possui experiência em Psicologia Clínica, Pesquisa em Psicologia Hospitalar e docência no ensino superior e pós graduação. Número de CRP/08: 20229.

População envolvida

crianças com obesidade

Perfil do público alvo

intermediário: profissionais e estudantes da área da saúde e clínica que possam ter interesse básico em estudar este tema.

Área

Saúde

Autores

Diego da Silva