XXIX Encontro Associação Brasileira de Psicologia e Medicina Comportamental 2020

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

ACESSO DE ESTUDANTES UNIVERSITARIOS A INTERNET DURANTE A PANDEMIA DE COVID-19

Resumo

O Brasil não é mais o mesmo desde a chegada oficial do novo coronavírus. Com a portaria nº 343 do Ministério da Educação, as faculdades puderam trocar as suas aulas presenciais por encontros virtuais. No Distrito Federal, apesar de o acesso à Internet ter aumentado, os grupos de média-baixa e baixa renda acessam somente por meio de celular próprio, com uma baixa taxa de transmissão e pacotes de dados limitados. Nesse sentido, nosso estudo teve por objetivo compreender a acessibilidade dos estudantes de faculdades privadas do DF à internet durante a pandemia de COVID-19. Um questionário produzido no Formulários Google foi compartilhado com os alunos nas redes sociais (whatsapp). Observou-se que a maioria continuou a se locomover ao trabalho por meio de transporte público e alegou dificuldade para baixar conteúdos educacionais ou assistir aulas remotas. Os motivos da falta do acesso variaram entre “Minha internet é lenta”, “Minha internet cai” e “Meu plano de dados é limitado”, em que se percebe mais uma dificuldade para o ensino à distância. Destarte, o estudo é importante para que a sociedade perceba as dificuldades que os professores e os alunos enfrentam no que diz respeito à Educação a Distância, que foram evidenciadas ainda mais pela pandemia.

Palavras Chave

acessibilidade, internet, educação à distância (EaD), ensino superior, estudantes universitários

Minicurrículo do proponente

Renata Cambraia é Doutora em Psicologia Básica pela Universidade do Minho, em Portugal, onde trabalhou no Laboratório de Aprendizagem e Comportamento Animal. Fez sanduíche no laboratório de neuropsicologia comportamental da Columbia University, EUA. Tem Mestrado em Ciências do Comportamento pela Universidade de Brasília, onde também se formou Psicóloga. É Especialista em Análise Comportamental Clínica pelo IBAC. Atualmente é professora na Faculdade Anhanguera de Brasília.

População envolvida

Adulto

Perfil do público alvo

Introdutório

Área

Educação

Instituições

Faculdade Anhanguera - Distrito Federal - Brasil

Autores

Renata Cambraia, Gustavo Alcântara