XXIX Encontro Associação Brasileira de Psicologia e Medicina Comportamental 2020

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

ATENDIMENTO CLINICO PRESENCIAL A CRIANÇAS COM AUTISMO NA PANDEMIA COVID-19

Resumo

O Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) é um distúrbio caracterizado por déficits na comunicação social, repertório de interesses restritos e comportamentos repetitivos e estereotipados. O atendimento clínico a crianças com autismo é uma modalidade de atendimento reconhecida pela sua eficácia a longo prazo (Stanislaw, Howard and Martin, 2019; Howard et al, 2005). Durante a pandemia da COVID-19, a preocupação de pais e profissionais com a abrupta suspensão dos atendimentos clínicos requereu ações de mitigação dos efeitos da crise, tendo em vista o risco iminente de prejuízos para o desenvolvimento e aprendizagem infantil. Neste estudo, iremos apresentar um protocolo de segurança para prevenção da contaminação por COVID-19 como alternativa para a retomada de atendimentos presenciais por meio da padronização das ações de proteção. A implementação do protocolo permitiu retomar o atendimento de 6 (seis) crianças de três a seis anos que recebem tratamento em um clínica no interior do Espírito Santo. Um infectologista, uma BCBA-D e uma doutora em psicologia orientaram o desenvolvimento de um protocolo de segurança que inclui o manejo de sala de espera, a implementação de medidas de distanciamento pessoal, a higienização da área de terapia e dos materiais de ensino, o uso obrigatório de EPIs, a comunicação com famílias, colaboradores e supervisores, a testagem para COVID-19 e o uso de uma árvore de tomada de decisão para o isolamento social de clientes e terapeutas. Neste estudo, são apresentados o protocolo de segurança, os passos para o treinamento de profissionais, a realização do processo de consentimento informado e os efeitos positivos da retomada de atendimento para a adesão ao modelo de atendimento pelas famílias e na redução de problemas de comportamento nas crianças após o reinício das atividades terapêuticas.

Palavras Chave

Palavras-chave: Atendimento clínico, Terapia ABA, Autismo, Pandemia COVID-19

Minicurrículo do proponente

¹ Psicóloga CRP 16/6678
² Acadêmica de Psicologia 10° período Faculdade (Multivix)
³ Psicóloga, Board Certified Behavior Analyst Doutoral Designation (BCBA-D). Mylena é doutora em Psicologia pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES).
4 Psicóloga e especialista em psicopedagogia. Doutora em Psicologia pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES).
5 Acadêmica de psicologia 8° período Faculdade (Multivix)

População envolvida

Crianças diagnosticadas com Transtorno do Espectro do Autismo

Perfil do público alvo

Terapeutas e analistas do comportamento atuando no âmbito do tratamento do autismo
Pesquisadores da area de Análise do Comportameneto Aplicada ao Autismo

Área

Transtorno do Espectro do Autismo

Instituições

Casulo Comportamento e Saúde - Espírito Santo - Brasil

Autores

Luiza de Souza Colonna, Mirieli Vieira Rossman, Mylena Pinto Lima, Meire Andersan Fiorot, Elisa Maria do Carmo