XXIX Encontro Associação Brasileira de Psicologia e Medicina Comportamental 2020

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

CONTROLE DO COMPORTAMENTO VERBAL PARA A PRODUÇAO DE FAKE NEWS

Resumo

Introdução: As transformações as quais a sociedade tem passado, desde o século XIX, como resultado do avanço tecnológico e da criação de meios de comunicação, vêm trazendo questões inéditas frente aos novos veículos de interação. A Análise do Comportamento, a partir do conceito de agências controladoras, pode fornecer uma compreensão das maneiras de controle exercidos por estas quando inseridas dentro de um grupo social específico. A criação de fake news, atualmente, pode ser compreendida como uma forma de manipulação do comportamento verbal pelo controle de um conjunto específico de contingências com o intuito de governar as opiniões de uma parcela específica da sociedade. Objetivo: À vista de tal cenário, pretende-se analisar esta forma de controle social, a produção de fake news, como operante dentro de uma comunidade verbal, realizando uma análise funcional da formulação destas e quais funções exercem num contexto social. Métodos: Para isto, 100 sujeitos serão selecionados. Estes entrarão em contato com 30 notícias distintas, sendo 15 falsas e 15 verdadeiras, retiradas do portal “Saúde Sem Fake News”, do Ministério da Saúde, buscando compreender se são capazes ou não de identificar as notícias falsas, e quais os elementos presentes em cada uma delas que os permitiram classifica-las quanto à veracidade. Serão feitos testes de homogeneidade para verificar a distribuição da amostra selecionada e elaborada uma definição dos testes estatísticos adequados à análise dos dados obtidos, sendo esta realizada com a utilização do software SPSS 21.0 e adotando como nível de significância o valor p<0,05. No entanto, devido à pandemia, os procedimentos metodológicos ficaram inviabilizados de ocorrer devido ao isolamento social e às recomendações do conselho de Ética da universidade. Resultados e discussão: Com base na literatura, é esperado que os participantes sejam capazes de identificar as notícias falsas de acordo com as diferentes topografias em que são formuladas.

Palavras Chave

Comportamento Verbal, Agências de Controle, Fake News, Práticas Culturais

Minicurrículo do proponente

Thallis Sousa Silva é graduando de Psicologia na Universidade Presbiteriana Mackenzie (bacharelado e licenciatura), onde desenvolveu o interesse por pesquisas em Análise do Comportamento e práticas culturais. Atualmente, é integrante do grupo de estudos em Educação, Inclusão e Vulnerabilidade Social na Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Enzo Banti Bissoli possui mestrado em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2012) e doutorado em Psicologia Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2018).

População envolvida

Pretende-se analisar uma amostra estratificada de 100 participantes para a avaliação da hipótese do trabalho

Perfil do público alvo

Estudantes de graduação; Pesquisadores (as) em relações culturais; Pesquisadores (as) de Comportamento Verbal; Pesquisadores (as) em Pesquisa Básica em Análise do Comportamento.

Área

Processos Comportamentais Básicos

Autores

Thallis Sousa Silva, Enzo Banti Bissoli