XXIX Encontro Associação Brasileira de Psicologia e Medicina Comportamental 2020

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

PSICOTERAPIA ANALITICA FUNCIONAL (FAP) PARA ANSIEDADE SOCIAL: ESBOÇANDO UMA PROPOSTA

Resumo

A Psicoterapia Analítica Funcional (FAP) é uma abordagem de intervenção clínica relativamente recente, considerada como parte das terapias comportamentais de terceira geração e rotulada como uma psicoterapia "interpessoal". Tal rótulo se deve, basicamente, ao fato desta abordagem adotar como método central de análise e intervenção a relação terapêutica. Por outro lado, o Transtorno de Ansiedade Social (TAS), anteriormente chamado de Fobia Social, é um padrão caracterizado pelo medo excessivo e persistente de avaliação negativa em diversas situações sociais, tais como falar em público, escrever em público, interagir com estranhos, paquerar e assim por diante. É importante reconhecer que TAS é uma condição extremamente heterogênea, no sentido de apresentar variações importantes, como o número de situações sociais temidas (TAS generalizado ou específico), as características das situações sociais temidas (desempenho ou interação), o nível de sofrimento e prejuízo envolvido, o nível de evitação e assim por diante. Como as variações são basicamente quantitativas, segundo a literatura, entendemos que a ansiedade social (AS) faz parte de um continuum. Esse continuum inclui o termo timidez, como uma condição mais "leve" do transtorno e o Transtorno de Personalidade Evitativa (TPE), como uma condição mais grave do quadro. Em função dos poucos estudos da área sobre este quadro e, menos ainda, estudos de aplicação da FAP sobre o quadro, este trabalho tem por objetivo apresentar uma proposta de intervenção baseada na FAP para o TAS e demonstrar o potencial terapêutico desta abordagem para esse tipo de queixa. A metodologia utilizada foi uma revisão bibliográfica sobre o tema e a ilustração da aplicação da FAP através de um caso clínico de TAS. Os resultados sugerem que a FAP pode ser um tratamento extremamente eficaz para o TAS na medida em que, certamente, ocorrerão CRBs de AS em sessão e estes poderão ser trabalhados "ao vivo".

Palavras chave

psicoterapia analítica funcional; transtorno de ansiedade social; fobia social; continuum

Minicurrículo do proponente

Graduado em Psicologia pela Universidade Gama Filho (2010). Especialista em Análise Comportamental Clínica pelo Instituto Brasiliense de Análise do Comportamento (IBAC). Especialista em Docência do Ensino Superior pela AVM Educacional. Especialista em Terapia Cognitivo-Comportamental (CPAF-Rj). Idealizador do projeto Ansiedade Social em Foco. Psicólogo clínico e social.

Perfil do público alvo

Introdutório e Intermediário.

População envolvida

Adulto.

Área

Intervenção Clínica no Consultório

Autores

PEDRO JOSÉ GOUVÊA