XXIX Encontro Associação Brasileira de Psicologia e Medicina Comportamental 2020

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

EXPRESSOES FACIAIS PARA UMA CRIANÇA COM AUTISMO: TREINO DE IDENTIFICAÇAO

Resumo

O reconhecimento de expressões faciais é um repertório importante para o desenvolvimento de interações sociais positivas pois permite responder empaticamente ao outro de maneira adequada e contextualizada, entretanto, crianças com TEA podem ter dificuldades de interação social por não responderem discriminadamente a estímulos sociais.
Para isso, o procedimento de escolha de acordo com o modelo pode ser usado para o ensino de reconhecimento e nomeação de estímulos complexos como expressões faciais.
Foi participante deste estudo, C. 12 anos, diagnosticado com TEA. Foram utilizados para as tentativas de ensino: fichas de papel plastificadas com 6cmx12cm de dimensão, com fotos representando expressões faciais de alegre e bravo (com raiva). Foram utilizadas camêras de vídeo para revisão e avaliação das aplicações, folhas sulfites, lápis e borracha.
Conclui-se a partir dos dados que é possível ensinar a identificação de expressões faciais utilizando fichas para um adolescente com TEA a partir de um procedimento de escolha de acordo com o modelo.

Palavras Chave

Autismo, Expressões faciais

Minicurrículo do proponente

Tania Regina Albuquerque dos Santos Manzini é formada em Pedagogia e atualmente é professora da rede municipal de ensino.
Barbara Roberta Pontes é formada em Pedagogia com experiência em ensino na primeira infância.
Fernanda Squassoni Lazzarini é mestra em Educação Especial pela Universidade Federal de São Carlos.

População envolvida

Desenvolvimento atípico

Perfil do público alvo

Introdutório

Área

Educação especial

Instituições

Universidade Federal de São Carlos - São Paulo - Brasil

Autores

Fernanda Squassoni Lazzarini, Barbara Roberta Pontes, Tania Regina Albuquerque dos Santos Manzini