XXIX Encontro Associação Brasileira de Psicologia e Medicina Comportamental 2020

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

INVENTARIO PORTAGE OPERACIONALIZADO PARA CRIANÇAS COM BAIXA VISAO: AVALIAÇAO DE EXPERTS EM DEFICIENCIA VISUAL

Resumo

Na literatura há escassez de instrumentos apropriados para avaliar o desenvolvimento de crianças pequenas com deficiência visual, pois os instrumentes existentes são destinados sobretudo à avaliação da inteligência de crianças com cegueira. O Inventário Portage Operacionalizado (IPO), adaptado no Brasil, visa o levantamento do repertório de desenvolvimento de crianças de 0 a 6 anos de idade. É um inventário composto por 580 itens, organizados em seis áreas: Estimulação Infantil, Socialização, Linguagem, Cognição, Desenvolvimento Motor e Autocuidados. A operacionalização do IPO considerou condições e material para a emissão da resposta, características e critérios de execução das respostas requeridas. Os procedimentos iniciais de adaptação do IPO para crianças com baixa visão foram constituídos pela adaptação de 248 dos 580 itens por uma Comissão de Especialistas e pela avaliação dos 248 itens adaptados por duas juízas expert no desenvolvimento de crianças com baixa visão. O objetivo deste trabalho foi apresentar a análise realizada por juízas experts em baixa visão sobre os ajustes nos 248 itens do IPO. As juízas experts, denominadas JBV 1 e JBV 2, eram doutoras, e pesquisadoras na área de deficiência visual. As duas juízas registraram aspectos de cada item que requeriam ajustes. Ambas sugeriram alterações em um total de 186 dos 248 itens. JBV 1 indicou ajustes em seis itens na área de Estimulação infantil, oito na área de socialização, 41 na área de Cognição, totalizando 55 sugestões e a JBV fez sugestões em 52 itens na área de linguagem, 16 na área de Autocuidados e 63 na área de Desenvolvimento motor, totalizando 131 sugestões. As indicações de ajustes por ambas as experts foram relacionadas aos componentes material e condição, referindo-se ao contraste, campo visual de preferência e distância de apresentação de objetos. Conclui-se que a JBV 2 analisou e sugeriu ajustes em mais itens que a JBV 1, mas ambas fizeram sugestões relacionadas aos mesmos componentes.

Palavras chave

Palavras-chave: Adaptação; Inventário Portage Operacionalizado; Baixa visão, Desenvolvimento Infantil;

Minicurrículo do proponente

Doutoranda em Psicologia pelo Progarana de Pós-Graduação em Psicologia (PPGPsi) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) Com pesquisa intitulada: "ADAOTAÇÃO DO INVENTÁRIO PORTAGE OPERACIONALIZADO PARA CRIANÇAS COM BAIXA VISÃO". sob orientação da Profª Dra. Maria Stella Cutinho de Alcântara Gil. Mestra em Educação Especial pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Especial (PPGEEs) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Com pesquisa intitulada: "INVENTÁRIO PORTAGE OPERACIONALIZADO: UMA PROPOSTA DE ADAPTAÇÃO PARA CRIANÇAS COM BAIXA VISÃO". sob orientação da Profª Dra. Maria Stella Cutinho de Alcântara Gil e co-orientação da Profª Dra. Ana Lúcia Rossito Aiello. Bolsista do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico). Graduada em Psicologia pelo Centro Universitário do Leste de Minas Gerais (2015). Experiência profissional como Psicóloga clínica na Clínica Cuidar, com ênfase em atendimento infantil e adulto na abordagem da análise do comportamento.(2016 a 2018). Estágio supervisionado em Orientação Profissional Individual e em grupo de pessoas com deficiência intelectual na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Timóteo (APAE) (2015). Estágio específico em Psicologia clínica com ênfase em Análise do Comportamento Aplicada (2014 a 2015). Estágio supervisionado em grupo de pacientes que sofreram AVC e seus cuidadores no Centro de Reabilitação Geral (CRG).

Perfil do público alvo

Intermediário

População envolvida

Porfessores experts em deficiência visual. (Baixa visão)

Área

Educação especial

Instituições

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS - São Paulo - Brasil

Autores

CASSIANA SARAIVA QUINTÃO, MARIA STELLA COUTINHO DE ALCÂNTARA GIL, ANA LÚCIA ROSSITO AIELLO