XXIX Encontro Associação Brasileira de Psicologia e Medicina Comportamental 2020

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

BISSEXUALIDADE INVISIVEL: UMA REVISAO SISTEMATICA DA LITERATURA

Resumo

A análise do comportamento, dentro dos últimos anos, tem contribuído para o mapeamento do preconceito, assim como para a luta contra o mesmo. Há, entre as pesquisas na vertente analítica comportamental artigos sobre racismo, gênero e misoginia, gordofobia, homofobia e transfobia, mas ainda são escassos os artigos que tratem sobre a bissexualidade. Este estudo teve por objetivo realizar uma revisão sistemática da literatura sobre essa temática, assim como investigar novas possibilidades de atuação da análise do comportamento dentro do assunto.
Utilizou-se a palavra “bissexualidade” nas bases de dados Science, Psycinfo, Pubmed, Scopus, Scielo e Pepsic, tendo como critérios de inclusão: possuir a palavra no título, ser de acesso livre, na língua português ou inglês, publicado entre 2000 e 2019. Foram localizados 31 artigos, sendo as maiores publicações anuais concentradas em 2009 (n=4) e em 2018 (n=10). As áreas das revistas foram: Sexualidade (n=16), Psicologia (n=6), Medicina/Biologia (n=3) e Geral (n=6). Os artigos foram organizados em quatro categorias temáticas: 1) “Discussões teóricas e conceituais” (n=10 artigos); 2) “Vivências bissexuais: visibilidade, saúde sexual, clínica terapêutica, relacionamentos (n=8); 3) “Aspectos sociais e inclusivos” (n=5), 4) “Aspectos da saúde: caracterização e descrição” (n=4) e 5) “Biologia/natureza” (n=4). A análise do comportamento pode contribuir ao campo social de diversas formas, sendo que trazer o foco da sexualidade pensada como fluida é indispensável para a atuação no contexto atual. Estudos devem ampliar a busca e a análise de artigos e aprofundar essa discussão, já que os dados indicam que ainda é insípida a produção acadêmica sobre a bissexualidade, sobretudo, dentro da prática psicológica e dar visibilidade para esse fenômeno pode ser uma forma de enfrentar a bifobia vigente na nossa sociedade.

Palavras chave

bissexualidade; sexualidade; psicologia; análise do comportamento

Minicurrículo do proponente

Graduanda em psicologia pela UNESP de Bauru, se dedica a pesquisas sobre gênero e sexualidade, tendo trabalhado com relacionamentos abusivos, feminismo, educação sexual, população LGBTQI+, etc.
http://lattes.cnpq.br/5651359438200456

Perfil do público alvo

Pesquisadores no campo de sexualidade; população LGBTQI+

População envolvida

População LGBTQI+

Área

Outros

Instituições

UNESP - Bauru - São Paulo - Brasil

Autores

BIANCA LONGHITANO, ANA CLAUDIA BORTOLOZZI MAIA