XXIX Encontro Associação Brasileira de Psicologia e Medicina Comportamental 2020

Página Inicial » Inscrições Científicas » Trabalhos

Dados do Trabalho


Título

ESTRATEGIAS DE ENSINO-APRENDIZAGEM DE REPERTORIO VERBAL APLICADAS AO PUBLICO SURDO: UMA REVISAO EM PERIODICOS NACIONAIS DE ANALISE DO COMPORTAMENTO

Resumo

A análise do comportamento, ao imaginar uma sociedade em que ciência e compromisso social caminham juntos, exerce papel fundamental fornecendo estratégias de ensino que auxiliem na inserção de minorias, como o público surdo, ao campo da aprendizagem de repertório verbal. Partindo dessa questão, foi feita uma coleta de artigos produzidos nos últimos dez anos em três periódicos brasileiros de análise do comportamento, tais como: Revista Brasileira de Terapia Comportamental e Cognitiva, Perspectivas em Análise do Comportamento e Revista Brasileira de Análise do Comportamento, a fim de levantar estratégias de ensino na produção nacional sobre o tema. As palavras-chave buscadas foram: “surdez profunda”, “libras”, “repertório verbal”, “ensino” e “análise do comportamento”. Foram encontrados 11 artigos e os resultados obtidos mostraram que as estratégias mais utilizadas são: a construção de sentenças por meio de equivalência de estímulos em Libras para sujeitos com surdez profunda, com 5 artigos; e discriminação de estímulos auditivos para desenvolvimento do repertório verbal em sujeitos com implante coclear, com 6 artigos. Desses artigos 3 relataram delineamentos experimentais entre grupos, 7 com delineamento de sujeito único e 1 com delineamento quase-experimental. Essas estratégias de ensino mostraram-se eficazes na literatura analisada, pois os resultados demonstraram aumento no repertório verbal dos sujeitos. Porém a discussão a respeito da dificuldade em generalizar resultados que mostrem eficácia no uso das estratégias, de forma que não venha a ferir a individualidade comportamental dos sujeitos presentes nos experimentos, entra em voga. Embora a produção nesse recorte seja escassa, pode-se perceber que a Análise do Comportamento contribui com estratégias de ensino-aprendizagem para o desenvolvimento de repertório verbal para sujeitos com surdez profunda e usuárias de implante coclear.

Palavras Chave

Ensino; Equivalência de Estimulos; Discriminação de Estímulos; Comportamento Verbal.

Minicurrículo do proponente

Estuda na Universidade Federal do Ceará, graduação em psicologia. Atuou como Acompanhante Terapêutico (AT) nas empresas Neuropsicocentro (NPC) e Imagine Tecnologia Comportamental ®, na condição de estagiário. Atuou como monitor da disciplina de Psicologia do Desenvolvimento e atualmente é monitor da disciplina de Análise Experimental do Comportamento. Tem interesse nas áreas de: Análise do Comportamento, Análise do Comportamento Aplicada, Desenvolvimento Humano Típico e Atípico, Comportamento Verbal e Desenvolvimento de Repertório.

População envolvida

Desenvolvimento Atípico

Perfil do público alvo

Introdutório

Área

Educação especial

Autores

Elias Cosme Lacerda Filho, Felipe José Lima Paiva, Rubens Porto Guilhon Filho, Carlos Alberto Costa Souza